Ocorreu um erro neste gadget

15 agosto, 2013

Fatos sobre o Cartel Siemens no Metrô de São Paulo



Vou me ater apenas ao caso de São Paulo, mas lembro ao leitor que a Siemens fornecia para diversos estados e também para o governo. Sendo que as acusações de cartel e combinação de preço, não são de exclusividade deste estado, em outros e também na esfera federal, há contratos ainda mais estranhos.


Seguem os fatos que temos conhecimento até agora:
  1. A Siemens vem sendo investigada na Europa e Estados Unidos pela formação de cartéis e combinação de preços em diversos países.
  2. A tal nvestigação que corre em nível mundial
  3. No período de  agosto/2013 vazou a informação, de que entre os anos 2000 (governo Mário Covas-PSDB), 2001-2006 (José Serra-PSDB) e no primeiro ano de 2007 (governo 2007), a Siemens participava de um cartel para construção e manutenção das linhas de metro de São Paulo.
  4. Segundo a Folha de São Paulo, que obteve informações do CADE, através de uma denúncia que até então é anônima, informa que o Estado de SP sabia dos cartéis
  5. Entre 2000 e 2007, houveram vários contratos, sendo que o que se refere à linha "5-Lilás" bem como em "serviços de manutenção", Siemens de um lado e CAF+Bombardier+Alston disputavam licitação em São Paulo,
  6. Informes diziam que havia um esquema entre as empresas, para que o consórcio entre CAF+Bombardier+Alstom vencessem este leilão e no próximo inverteria, ou seja a Siemens seria a vencedora.
  7. No certame exposto nos jornais, o consórcio CAF se sagrou vencedora do leilão, já que a Siemens ofertava um preço 30% superior
  8. Pelas informações vazadas pelo CADE as empresas se desentenderam no esquema de cartel logo após a Siemens perder.
  9. Em um email anonimo, um diretor da Siemens informa que após perder a licitação, a Siemens ameaça  impugnar a licitação.
  10. Neste email anonimo, o mesmo diretor sugere que José Serra (entáo governador de SP), para que a Siemens não levasse adiante a impugnação. E se quisesse poderia negociar diretamente com a vencedora (CAF) um eventual fornecimento de uma % dos equipamentos.
  11. Após não ter sucesso na negociação com a vencedora, a Siemens entra com uma ação na justiça pedindo anulação da licitação.
  12. Vazou uma informação na imprensa de que José Serra então governador de São Paulo, não aceitaria que a Siemens se sagrasse vendedora do leilão.
  13. Na época, Serra informou corretamente que, não aceitaria que o segundo colocado fosse o vencedor, pois o estado de São Paulo, não poderia pagar o valor proposto Siemens (ou seja 30% à mais do que a vencedora),
  14. O Estado de São Paulo vence na justiça os questionamentos da Siemens, e o consórcio da CAF fornece os equipementos, no preço informado.
  15. Em 2013, o Estado de São Paulo entende que se houve formação de cartel e foi vítima do esquema, em seguida informa que irá processar a Siemens, querendo reaver os valores.
O que está sendo apresentado em diversos veículos de comunicação, são variações de opiniões perante os fatos.

Comento à seguir:
  • A imprensa petista vem acusando Serra de estar ajudando a Siemens nesta concorrência, o que é relativamente estranho, pois o fato da CAF ter vencido além do governador ter brigado na justiça (e vencido), para que a licitação, continuasse sendo válida. Já mostra que não houve a tal ajuda à Siemens.
  • Não devemos nos esquecer, que o PT já lançou seu pré candidato ao governo de SP, já conhecemos seus métodos de tentar destruir adversários, os quais vem dando ênfase ao esquema, o qual dá a entender que o governo tinha participação no esquema (que pelos fatos apresentados não caracteriza o conhecimento/ compactuação do governo)
  • O CADE, que investiga irregularidade em diversos contratos, deixou vazar a informação somente de irregularidade no estado de SP, sendo que há contratos em outros estados onde o preço dos equipamentos adquiridos foram 3 vezes maior (neste caso, o CADE escolheu não vazar as informações)

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Quer ter seu blog divulgado no Transparência Política? Veja como na aba da direita, logo ao lado.

Seguidores do Blog T.P.