Ocorreu um erro neste gadget

27 abril, 2011

Reforma política

Está na primeira página do site vermelho. "Reforma Política: Financiamento público e voto em lista são consensos no PT".
Já não basta a atual sobrecarga de impostos, que sabe se lá pra onde vai. E agora vão propor financiamento público de campanha? Também pergunto, o que acontecerá com o partido que tiver financiamento privado? Será penalizado?
Como já se sabe, o controle de gastos públicos não é nem nunca foi prioridade no Brasil. Muito menos, farão esforço para garantir, que governo e oposição estejam recebendo a mesma quantidade de recursos. Podendo então aquele que estiver no poder, não repassá-los aos adversários e diminuir drasticamente a exposição de idéias da oposição e consequentemente seu espaço até um limite que esta não ofereça mais perigo ao governo.
Já o voto em lista, é totalmente anti-democrático, pois é neste momento que o candidato dá a cara a bater e se expõe ao eleitorado. Reprimir as eleições diretas é um retrocesso na democracia.
Somente partidos que acolham candidatos indignos e com má fama, possam apoiar tal idéia, pois facilitaria a entrada de tais candidatos à cargos eletivos sem passar pelo crivo da população.

Um comentário:

  1. Isso é fechar o cofre para eles e apenas para quem se submeter a eles... SÓ UMA INSURREIÇÃO PODE RESOLVER ISSO!

    ResponderExcluir

Quer ter seu blog divulgado no Transparência Política? Veja como na aba da direita, logo ao lado.

Seguidores do Blog T.P.